HomeRegulamento

Regulamento

CAPÍTULO 1
Disposições gerais
Artigo 1.º

1.A Fundação Ilídio Pinho, o Ministério da Educação e Ciência e Ministério da Economia celebraram um Protocolo com vista à instituição de um prémio anual, o Projeto «CIÊNCIA NA ESCOLA» - Fundação Ilídio Pinho.
2. Este prémio visa motivar todos os alunos, da Educação Pré-Escolar, dos 1.º, 2.º e 3.º Ciclos do Ensino Básicoe Ensino Secundário das diferentes vias de educação e formação, para a aprendizagem das ciências e para a escolha de áreas tecnológicas.
3.Pretende-se estimular o interesse dos alunos pelas ciências através do apoio a projetos inovadores. Tais projetos deverão ter um caráter eminentemente prático e multidisciplinar, mobilizando as várias áreas curriculares para o seu desenvolvimento, e envolver os estudantes em experiências e trabalhos de grupo permitindo-lhes avaliar a importância do conhecimento e do método científico nas suas atividades futuras.
4.Com vista à atribuição de prémios ao Projeto «CIÊNCIA NA ESCOLA» - Fundação Ilídio Pinho será aberto anualmente um concurso, devidamente publicitado, podendo em cada ano dirigir-se a áreas científicas bem definidas, bem como obedecer a prioridades estabelecidas.

Artigo 2.º
1. A atribuição de prémios ao Projeto «CIÊNCIA NA ESCOLA» - Fundação Ilídio Pinho reger-se-á pelo presente Regulamento.

 

CAPÍTULO 2
Do Concurso
Artigo 3.º Concurso de Ideias

1.Ideia de Projeto

  • 1.1. Os projetos a concurso, subordinados ao tema “Ciência e tecnologia como resposta aos grandes desafios da Sociedade”, devem demonstrar através dos avanços da tecnologia a oportunidade de responder aos desafios da globalização social com base na ciência.
  • 1.2. Os projetos devem apresentar uma visão multidisciplinar, envolvendo áreas curriculares diferenciadas através da integração dos diferentes saberes. Serão também valorizados os níveis de criatividade e inovação que apresentem, bem como o seu impacto social. O potencial de execução/valor da ideia e a sua concretização serão também fatores de importância seletiva.

2.Candidaturas

  • 2.1. A apresentação das propostas de projetos ao Concurso de Ideias deverá ser efetuada pelas escolas através do preenchimento completo do Formulário de Candidatura disponível em plataforma específica, a partir do sítio www.dgeste.mec.pt/fip
  • 2.2. O período para apresentação das propostas decorrerá de 1 a 15 de janeiro de 2015 - a equipa de coordenação tomou a decisão de alargar o prazo para a submissão de projetos até 29 de janeiro de 2015 - e só serão considerados os projetos submetidos na plataforma.
  • 2.3. O prémio tem quatro escalões a concurso:
    • 1.º Escalão – constituído por projetos que envolvam crianças da Educação Pré-Escolar;
    • 2.º Escalão – constituído por projetos que envolvam alunos do 1.º Ciclo do Ensino Básico;
    • 3.º Escalão – constituído por projetos que envolvam alunos do 2.º e 3º. Ciclos do Ensino Básico;
    • 4.º Escalão – constituído por projetos que envolvam alunos do Ensino Secundário.
  • 2.4. O número de propostas de projetos apresentado por Agrupamento de Escolas ou Escola não Agrupada não pode exceder quatro por escalão.
  • 2.5. Cada projeto terá como responsável um único Coordenador que deverá ser professor do respetivo Agrupamento de Escolas ou Escola Não Agrupada.

3.Júri Regional [Concurso de Ideias]

  • 3.1. Os projetos a concurso terão que obedecer, obrigatoriamente, ao tema “Ciência e tecnologia como resposta aos grandes desafios da Sociedade”.
  • 3.2. O Júri Regional do Concurso será constituído por dois elementos de cada Direção de Serviços Regional e por dois peritos e/ou docentes especializados e convidados pela Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares mediante proposta de cada Direção de Serviços Regional.
  • 3.3. O Júri Regional reunirá para avaliar e selecionar os projetos apresentados ao “Concurso de Ideias”, que serão desenvolvidos na fase seguinte.
  • 3.4. O Presidente do Júri será eleito, pelos seus pares, no ato da reunião.
  • 3.5. O Presidente terá voto de qualidade.
  • 3.6. Na avaliação das candidaturas, o Júri Regional, terá como referência os seguintes critérios:
    • Inovação e criatividade (originalidade da ideia; elementos diferenciadores face ao mercado, potenciador e motor de competitividade);
    • Planeamento e organização (processos/procedimentos e produtos);
    • Relevância pedagógica (oportunidade de centralizar o elemento - aprendizagem e visão multidisciplinar, envolvendo áreas curriculares diferenciadas);
    • Potencial do impacto social e parcerias institucionais (previsão das consequências decorrentes da implementação do projeto; efeitos esperados face ao público-alvo);
    • Viabilidade (potencial de execução/valor da ideia)

4.Prémios

  • 4.1. Aos projetos selecionados pelo Júri Regional no Concurso de Ideias, serão atribuídos os seguintes prémios de participação:
    Escalão             Valor por projeto
    1º Escalão         200 euros
    2º Escalão         300 euros
    3º Escalão         500 euros
    4º Escalão         500 euros
  • 4.2. Os prémios de Participação atribuídos no âmbito do Concurso de Ideias destinam-se a apoiar o desenvolvimento dos projetos selecionados pelo Júri, enquanto obrigatoriamente opositores à 2ª fase [nacional] do Projeto «CIÊNCIA NA ESCOLA» - Fundação Ilídio Pinho.
  • 4.3. Os prémios de participação serão atribuídos diretamente às escolas selecionadas.
  • 4.4. No caso de um projeto não se desenvolver no ano letivo respetivo, a escola será obrigada a devolver, na totalidade, o prémio de participação atribuído.

 

CAPÍTULO 3
Do Júri
Artigo 5.º

1. O Júri Nacional do Concurso do ano letivo de 2014/2015 será constituído por um representante de cada uma das entidades diretamente envolvidas no prémio, incluindo as regiões autónomas, e ainda por um representante da Confederação Nacional das Associações de Pais e uma personalidade do ensino superior, indicada pela Fundação Ilídio Pinho de reconhecida competência na área a concurso.
2.O Júri Nacional reunirá para proceder à avaliação final dos projetos que passaram à fase de desenvolvimento e selecionar os premiados pela Fundação Ilídio Pinho, nos quatro escalões a concurso.
3.O Presidente do Júri será eleito, pelos seus pares, no ato da reunião.
4.O Presidente terá voto de qualidade.

 

CAPÍTULO 4
Dos Prémios
Artigo 6.º Prémio Final

1.O Projeto «CIÊNCIA NA ESCOLA» - Fundação Ilídio Pinho destina-se a apoiar a prossecução das atividades dos projetos premiados na fase pós-concurso, não podendo este apoio ser utilizado para outro fim ou propósito;
2. Este prémio será atribuído diretamente às escolas selecionadas, em cada um dos escalões.
3. A entrega dos prémios do Projeto «CIÊNCIA NA ESCOLA» - Fundação Ilídio Pinho será realizada em cerimónia pública, segundo modelo a acordar pelas entidades patrocinadoras.
4.O valor global dos prémios finais atribuídos pela Fundação Ilídio Pinho será de 150.000 euros distribuídos da seguinte forma:

 

1.º escalão

2.º escalão

3.º escalão

4.º escalão

Pré-Escolar

1.º ciclo

2.º e 3.º ciclos

Ens. Secundário

1.º Prémio

7.500€

10.000€

15.000€

20.000€

2.º Prémio

5.000€

7.500€

12.500€

17.500€

3.º Prémio

2.500€

5.000€

10.000€

15.000€

5.O Júri Nacional, na reunião de avaliação final dos projetos, poderá, para além destes prémios, atribuir o máximo de 3 Menções Honrosas, por escalão, se entender que existem projetos merecedores desta atribuição. O valor de cada Menção Honrosa será de:

  • 1.000€ - 1.º escalão;
  • 1.500€ - 2.º escalão;
  • 2.250€ - 3.º escalão;
  • 2.750€ - 4.º escalão.

 

CAPÍTULO 5
Disposições Finais e Transitórias
Artigo 7.º

1.Das decisões do Júri não há recurso;
2.O presente Regulamento pode ser alterado a todo o tempo, sendo as modificações introduzidas de execução imediata;
3.As dúvidas e casos omissos do Regulamento serão resolvidos por decisão conjunta da Fundação Ilídio Pinho e da Coordenação Nacional do Prémio.
4.O calendário da presente edição do prémio consta do Anexo I ao presente regulamento.

 

 

 

ANEXO 1

CALENDARIZAÇÃO

Organização: MEC | FIP| ME

DGEstE | Coordenação nacional

5 DE NOVEMBRO DE 2014 a 26 de junho DE 2015

[FASE 0] LANÇAMENTO
[FASE 1] CONCURSO DE IDEIAS
[FASE 2] DESENVOLVIMENTO
[FASE 3] CERIMÓNIA DE ENTREGA DE PRÉMIOS

[FASE 0] LANÇAMENTO

5.nov.2014

[FASE 1] CONCURSO DE IDEIAS

De 1 de jan. a 27 fev. 2015

- Submissão na plataforma dos projetos por parte das escolas

Até 29 de jan. 2015

- Avaliação dos projetos

De 30 jan. a 23 de fev. 2015

- Divulgação dos projetos selecionados no sítio Web

24 de fev. 2015

- Entrega de Prémios aos projetos selecionados

Até 27 de fev. 2015

[FASE 2] DESENVOLVIMENTO

De 24 de fev. a 22 de mai. 2015

- Submissão do Relatório Final

Até 22 de mai. 2015

- Recolha, organização e disponibilização ao júri nacional dos projetos selecionados pelo júri regional

De 22 a 29 de mai. 2015

- Avaliação final pelo júri nacional

De 1 a 11 de jun. 2015

- Divulgação dos projetos distinguidos

12 de jun. 2015

[FASE 3] CERIMÓNIA DE ENTREGA DE PRÉMIOS

26 de jun. 2015

Descarregar regulamento [PDF - 106KB]

 

Governo de Portugal - Ministério da Educação e CiênciaFundação Ilídio Pinho